Justiça condena um dos motoristas envolvido na morte de Evelyn Leite

Justiça condena um dos motoristas envolvido na morte de Evelyn Leite
28 abr 2022

Depois de dois dias de Júri Popular, os motoristas responsáveis pela morte da da baterista Evelyn Leite tiveram suas sentenças decretadas no final do dia desta quarta-feira 27. Augusto Carvalho Oliveira que dirigia um dos carros que participava de um ‘racha’ em alta velocidade na antiga avenida Jose Sarney – hoje Inácio Barbosa – na zona sul de Aracaju, foi condenado por homicídio doloso simples, a oito anos de reclusão em regime semiaberto e com direito a recorrer em liberdade. O segundo motorista que pilotava o outro veículo que participava da corrida ilegal, Thiago Andrews Santos, foi absolvido do caso. O julgamento aconteceu no Fórum Gumercindo Bessa, na Zona Oeste de Aracaju, oito anos após o acidente.

Amigos e parentes da vítima que acompanharam o julgamento, apesar do tempo que levou para que a justiça tenha sido feita, se manifestaram sobre o resultado do Júri. “O importante é que foi considerado culpado, diante do que perdi, foi leve, mas eu pelo menos eu saí satisfeita com o resultado. É uma resposta que a gente dá ao povo, de que a gente ainda pode acreditar na lei dos homens”, disse a mãe de Evelyn, Miriam Leite, após a decisão.