Genivaldo morreu por asfixia mecânica

Genivaldo morreu por asfixia mecânica
26 maio 2022

Na manhã desta quinta-feira 26 o IML/SE- Instituto Médico Legal de Sergipe divulgou laudo pericial do corpo de Genivaldo de Jesus Santos de 38 anos (foto), vítima de uma abordagem desastrosa feita por agentes da PRF – Policia Rodoviária Federal na manhã de quarta-feira 25, em Umbaúba, distante 100 quilômetros de Aracaju. O laudo do IML, não é conclusivo qual o gás que o homem inalou, após ser trancado na mala da viatura. Segundo o IML, Genivaldo morreu por asfixia mecânica e insuficiência respiratória aguda.

Em vídeos registrados por populares que acompanharam a ação policial é possível ver os agentes aprisionando o homem na mala da viatura já algemado e sufocando-o.

Em nota, a PRF – Polícia Rodoviária Federal afirmou que abriu um procedimento disciplinar para averiguar a conduta dos policiais envolvidos na abordagem. Segundo o pronunciamento, o homem “resistiu ativamente a uma abordagem de uma equipe PRF. Em razão da sua agressividade, foram empregados técnicas de imobilização e instrumentos de menor potencial ofensivo para sua contenção e o indivíduo foi conduzido à Delegacia de Polícia Civil em Umbaúba”.

A Polícia Federal já está investigando o caso.